Registrar-se

Saiba quando o “cara ou coroa” entrou para a história

moeda Fonte: Pexels Atualmente, o “cara ou coroa” é um método universal para a resolução de pequenas discussões ou para tomar uma decisão sobre algo. Contudo, a origem dessa prática é muito mais antiga do que muitos imaginam, pois parte dos historiadores acredita que o cara ou coroa surgiu na Grécia Antiga, até mesmo antes da metal, e que nessa época as pessoas usavam conchas e pintavam um de seus lados de preto para haver uma diferenciação. Enquanto nos dias de hoje o cara ou coroa é utilizado no início de várias partidas esportivas, como futebol, críquete e futebol americano, além de ser uma alternativa para os jogadores que estão em dúvida sobre o que apostar em um cassino online, no passado essa prática foi decisiva em momentos que entraram para a história. Confira a seguir que momentos foram esses.

1. O primeiro voo da humanidade

Enquanto estavam em um acampamento em Kill Devil Hills, no estado da Carolina do Norte, os irmãos Wright, considerados pioneiros da aviação mundial, decidiram em uma disputa de cara ou coroa quem iria pilotar o protótipo de avião inventado por eles. Nessa disputa, o vencedor foi Wilbur Wright, mas a tentativa de voo feita por ele, em 14 de dezembro de 1903, não foi bem-sucedida. Três dias depois, dessa vez com o outro irmão como piloto, Orville Wright, o protótipo finalmente levantou voo, e Wilbur acabou imortalizado em uma fotografia na qual corre próximo ao avião pilotado por Orville.

2. O nome da cidade de Portland, nos Estados Unidos

Cada um dos dois pioneiros responsáveis por fundar Portland, no estado norte-americano do Oregon, queriam ter o direito de nomear a região, a qual contava com um tamanho aproximado de 640 acres. Um deles era Asa Lovejoy, natural de Boston, e o outro Francis Pettygrove, da cidade de Portland em Maine. Após dividirem as terras entre eles, ambos decidiram que o vencedor de três rodadas de cara ou coroa teria o decidir o nome na cidade. Como é de se imaginar, Francis Pettygrove foi o vencedor da disputa, e a moeda que definiu o embate está atualmente exposta no Oregon Historical Society Museum. cara ou coroa Fonte: Pixabay

3. O destino de Ritchie Valens

Em 1959, os músicos Buddy Holly, Ritchie Valens e J.P. Richardson estavam em uma turnê pelo meio-oeste americano, a qual ficou conhecida como “Winter Dance Party Tour”. Durante uma parada dos músicos em Clear Lake, Iowa, Buddy Holly fretou um avião para levar sua banda até o próximo destino da turnê, em Moorhead, Minnesota, após o ônibus que eles estavam apresentar problemas mecânicos. Quando um membro da banda desistiu de última hora da viagem de avião, um dos assentos ficou disponível, fazendo com que o guitarrista Tommy Allsup e o músico Ritchie Valens disputassem no cara ou coroa quem ficaria com o lugar na aeronave. Para o seu azar, Valens ganhou o jogo, e acabou morrendo em função da queda dessa aeronave em um milharal.

4. Partida de futebol entre Itália e URSS

Durante as semifinais do Campeonato Europeu de 1968, Itália e URSS empataram por 0 a 0 durante o tempo regular e todas as prorrogações. Como nessa época os pênaltis ainda não haviam sido adotados por essa competição, o regulamento determinava que o vencedor teria que ser escolhido pelo cara ou coroa. Após uma pequena comoção até encontrar alguém disposto a jogar a moeda e escolherem de que nacionalidade seria a moeda jogada, o capitão da equipe soviética optou por “cara”, mas o resultado foi “coroa”, o que classificou a Itália para a grande final do torneio.


Saiba porquê os cientistas ... Reviews falsas estão cada ...