Registrar-se

As líderes da indústria dos jogos

A profissional geek. Fonte: Kevin Serna

Você já deve ter percebido que aquela antiquada divisão entre área de atuação masculinas e áreas femininas ficou para trás, não é mesmo? Cada vez mais nossa sociedade evolui em direção à igualdade de gênero, e com a indústria dos jogos e das apostas não é diferente. Há, por exemplo, um enorme número de gerentes e líderes de equipe trabalhando na indústria de cassinos online, e muitas dessas poderosas mulheres causaram um impacto positivo em seus negócios.

De acordo com a plataforma de Crunchbase, conhecida por reunir informações comerciais sobre empresas públicas e privadas, 312 empresas do universo dos jogos tiveram entre seus fundadores ao menos uma mulher. Esse é o caso de companhias como Fanduel e e Kabam, que contaram com a participação direta de Lesley Eccles e Holly Liu, respectivamente, em sua origem.

Seguindo essa tendência, o International Gaming Awards, dentro da categoria Diversidade, que reconhece indivíduos e organizações por sua devoção extraordinária à melhoria da igualdade, diversidade e inclusão; apresenta pelo 11º ano a lista das mulheres que merecem destaque por suas contribuições e presença na indústria. O Women in Gaming Awards – premiação para as mulheres dos jogos, em tradução livre – é a seção destinada aos impactos das líderes femininas, e revelou as mulheres mais influentes, inovadoras e inspiradoras da indústria em questão. Abaixo, contamos um pouco de algumas indicadas à premiação.

Keisha Howard, fundadora da Sugar Gamers

Há dez anos, a nerd assumida Keisha Howard tomou a decisão de criar uma comunidade que abrigasse mulheres e outras minorias da indústria e incentivasse a disseminação e participação no cenário da cultura pop e geek. Assim nasceu a Sugar Games, uma comunidade de tecnologia inclusiva, apenas um dos projetos de destaque de Keisha. Além da comunidade, ela também é conhecida por ser co-proprietária da LiveCGI, uma empresa de produção que desenvolve clipes e avatares, além de sua participação na gerência de mídias sociais, estratégia digital e coordenação de eventos na The Blaze, agência de marketing digital.

De olho nas necessidades dos jogadores.Fonte: AIGAdesign

Nicole Lazzaro, fundadora da XEOPlay/Design

A XEOPlay é uma empresa cujo objetivo é criar jogos sociais que melhoram a qualidade de vida através do jogo, projeto que nasceu da fixação pela experiência do jogador que é característica de Nicole Lazzaro. A empresa faz par com a XEODesign, que vai além e busca auxiliar as pessoas a criarem seus próprios jogos.

O grande diferencial das empresas de Nicole, como não poderia ser diferente, é o cuidado com o usuário-jogador. Ao medir as experiências dos jogadores usando suas expressões faciais em seu primeiro jogo para iPhone, ela classificou a alegria dos jogos no que chama de 4 Keys 2 Fun (quatro chaves para a diversão): diversão difícil (desafio), diversão fácil (curiosidade), diversão séria (emoção) e diversão das pessoas (entretenimento). Compreender a experiência de jogo ajuda os desenvolvedores a criar jogos melhores, e Nicole é uma das líderes do setor.

Holly Liu, co-fundadora da Kabam.Fonte: Foundr

Holly Liu, co-fundadora da Kabam

Uma empresa que começou com aplicativos para comunidade, a Kabam decolou quando Holly Liu e seus parceiros decidiram investir no mundo dos jogos, valorizando a startup de maneira exponencial e chamando a atenção do mercado. Holly Liu foi o designer-chefe do grande sucesso Kingdoms of Camelot, um jogo multiplayer online lançado em novembro de 2009. Como consequência do bom andamento da startup, a Kabam foi adquirida e dividida entre a Netmarble e a FoxNext em 2017. Holly Liu seguiu seu caminho com a Y Combinator como parceira visitante; recentemente, ingressou nos conselhos da editora de jogos Animoca e da UC Berkeley School of Information.

Um dos nomes por trás de Halo.Fonte: Microsoft

Bonnie Ross, diretora na 343 Industries

Bonnie Ross começou em 1994 como produtora de jogos de esportes para PC. Ela trabalhou em vários títulos de grande alcance, como NBA: Inside Drive, Zoo Tycoon, Dungeon Siege, Counter Strike, Gears of War, Psychonauts e Mass Effect. Porém, foi dentro dos estúdios da Microsoft que seu nome ganhou fama ao liderar a equipe de Halo, uma das principais franquias de tiro em primeira pessoa não somente da Microsoft, mas de todo o cenário dos jogos e entretenimento. Halo conseguiu extrapolar a barreira dos jogos eletrônicos e se fundir com a cultura pop e geek de forma geral, gerando HQs, curta-metragens, etc. A importância de um nome como de Bonnie Ross, e de muitos outros além dos listados, aparece em um momento onde, alguns índices mostrando a intensa presença feminina nos jogos, a indústria ainda carrega preconceitos em todos os lados.

Maria Alegre enxergou uma oportunidade e não deixou escapar.Fonte: Chartboost

Maria Alegre, co-fundadora/CEO da Chartboost

Maria Alegre co-fundou a Chartboost em 2011 para ajudar os desenvolvedores de jogos a ir além das tradicionais redes de anúncios para jogos móveis, percebendo uma oportunidade valiosa dentro de uma indústria que cresce exponencialmente ano após ano. Mesmo depois de tanto tempo, sua empresa ainda é conhecida pela inovação, com destaque para sua nova ferramenta de leilão, Helium, que permite que os desenvolvedores maximizem os preços para cada oportunidade de impressão de anúncio em seus jogos. Basicamente, as oportunidades de impressão criadas por cada aplicativo móvel são comercializadas no formato de leilão, favorecendo o ganho do desenvolvedor, que sempre tem o anúncio de maior orçamento veiculado em seus jogos, conforme suas diretrizes estabelecidas.

Carreira sólida nas redações voltadas aos games.Fonte: Kotaku

Tina Amini, editora-chefe na IGN

Tina Amini escreve sobre videogames desde 2009 para publicações famosas, como Complex e Kotaku. Após uma carreira de sucesso, desembarcou na IGN Entertainment para ser a editora-chefe da seção de jogos. No cargo, Tina lidera importantes publicações sobre o universo dos jogos, desde notícias sobre novos jogos e consoles até questões mais internas da indústria. Além de seu trabalho na redação, Tina mantém uma relação próxima com a comunidade de jogadores através de seus perfis e produz vídeos esporádicos sobre temas relacionados aos jogos.

Jogadora hardcore e empresária.Fonte: Alice Truong

Amber Dalton, diretora de vendas na Twitch

Amber Dalton é diretora sênior de vendas e patrocínio da Twitch, o serviço de transmissão ao vivo de propriedade da Amazon, que reúne marcas e influenciadores em eventos em todo o mundo. A empresa é mundialmente conhecida por seu trabalho, fazendo frente, inclusive, a gigantes da indústria do streaming, como o YouTube, quando se trata de conteúdo voltado para os jogos, sendo a maior comunidade de jogos e plataforma de vídeo para jogos do mundo. Uma curiosidade é que Amber não poderia estar em um lugar mais apropriado, já que a empresária é conhecida por ser uma jogadora hardcore, já tendo pontuado em classificações mundiais em jogos como Halo 2 e Gears of War.  


Receitas populares trazidas ao ... Bolsonaro e a possível ...