Registrar-se

Coronavírus e o setor mundial de apostas

Coronavírus ao redor do mundoFonte: ABC7

Se você estiver lendo esta notícia, provavelmente já está ciente da grande pandemia mundial que está acontecendo atualmente e que está afetando cada vez mais a vida de todos. Claro, o setor de apostas e cassinos, assim como todos os outros setores financeiros e econômicos, também está sofrendo e neste artigo falaremos sobre isso. A receita bruta de jogos de Macau caiu para 87,8% em fevereiro devido ao surto de coronavírus e espera-se que caia mais de 70% em março. 

Operadores de cassinos também estão cooperando para lutar contra o vírus, mas o problema é mais grave do que imaginamos. Continue lendo este artigo para saber mais sobre o que está por vir e o que pode ser feito para amenizar este problema!

1. Coronavírus em Las Vegas

Para começar o nosso artigo, vale a pena citar uma das maiores cidades relacionadas à indústria de apostas: Las Vegas. Esta famosíssima cidade já está começando a sentir os efeitos desta nova crise de saúde internacional, especialmente devido ao fato de que turistas chineses deixaram de visitar a cidade nestes últimos meses. Muitos moradores da cidade já demonstram bastante preocupação não só em questões de saúde, mas também na questão econômica.

A economia começou a cair muito antes de que um caso de coronavírus fosse confirmado na cidade e a indústria que mais está sofrendo é obviamente a indústria do turismo. Se ninguém viaja de avião, se ninguém se hospeda em hotéis, se ninguém frequenta restaurantes, se ninguém usa táxis ou outras empresas de transporte, a cidade começa a ruir e é o que possivelmente acontecerá com Las Vegas. Diversos eventos importantes já foram cancelados na cidade e um garçom que trabalha na Strip revelou que percebeu uma redução em turistas na cidade, mas que está mais preocupado com a propagação do vírus na Califórnia, pois muitos visitantes de Las Vegas são originários da Califórnia devido à distância (cerca de 21% dos visitantes à Las Vegas são da Califórnia).

Já houve 12 mortes pelo vírus nos Estados Unidos e 1 delas aconteceu em Nevada. Tudo indica que o valor das ações de cassinos continuará caindo até que esta crise seja solucionada.

O setor de apostas está preocupadoFonte: RFI

2. O mercado mundial

Claro, não é só Las Vegas que está sofrendo com este surto de coronavírus. A H2 Gambling Capital teve que fazer uma revisão das previsões de 2020 para oito dos mercados de apostas mundiais devido ao surto de coronavírus. Os achados concluíram que haverá uma queda de pelo menos oito por cento este ano no mercado de apostas e esta é apenas a segunda vez que isso acontece em mais de 20 anos. Impressionante, né? Todos sabem que o mercado de apostas e cassino é um dos mais lucrativos no mundo e que sempre tem o potencial de apresentar lucros, independentemente da situação financeira mundial do momento, mas parece que isso está prestes a mudar.

O vírus que já tem mais de 90.000 casos mundiais confirmados já começa a afetar a economia de apostas na China, Macau e Singapura. Ele também obviamente já afeta outros mercados importantes como Hong Kong, Itália, Japão, Malásia e Coreia do Sul e muitos estudos já estão sendo feitos para entender o impacto que este vírus terá em escala mundial. Espera-se que o mercado de apostas caia 4,8% na previsão da H2 Gambling Capital. Segundo a previsão, as coisas podem piorar se o surto continuar após o segundo trimestre deste ano.

Também deve ser lembrado, como mencionado acima, que todos os setores ligados aos cassinos e apostas também são afetados, como setor hoteleiro, turístico e financeiros das cidades que são centros para jogos e apostas. Além disso, as apostas online também poderiam ser afetadas, pois já está acontecendo grandes cancelamentos de eventos graças a este surto, impedindo que até mesmo os apostadores online tenham uma chance de ganhar algo.

3. Investimentos

Vale a pena lembrar que em muitos momentos de crise, sempre há mentes trabalhando e lucrando nestes momentos. Alguns analistas de Las Vegas dizem que agora é o melhor momento para qualquer tipo de investimento, pois a crise fez com que muitos preços caíssem abaixo da margem mínima. Muitos grandes investidores também já têm planos de investimentos, acreditando que é só questão de tempo para a crise de saúde terminar e o mercado mundial voltar ao patamar de antes.

Por exemplo, os bancos de Walls Street ainda planejam o financiamento de US$ 2 bilhões de dólares para as propriedades de cassino e hotel MGM Grand e Mandalay Bay em Las Vegas. As afiliadas da Blackstone Group e MGM fecharam um acordo para a compra de um cassino de luxo e propriedades de resort por US$ 4,6 bilhões no mês passado com o financiamento de bancos liderados pela Citygroup. Ou seja, muitos já estão pensando no futuro pós-coronavírus e que a vida continuará de alguma forma.

Embora ainda não seja possível prever o efeito completo do surto nos Estados Unidos ou até mesmo na China, alguns ainda estão descrentes e acreditam que este momento ainda é oportuno para qualquer tipo de investimento arriscado, pois a economia mundial está em queda constante agora. Por exemplo, Macau, centro de apostas da China, viu seu mercado cair 88% comparado ao último ano, após o fechamento de 15 dias de cassinos por autoridades chinesas buscando evitar a propagação da epidemia de coronavírus. Las Vegas já está sofrendo uma queda de 3% em relação ao último ano quando se trata de turistas visitando a cidade, mas ainda é cedo para ter um relatório completo. O que muitos podem fazer no momento é evitar grandes aglomerações de pessoas, lavar as mãos e manter a higiene em dia. Muitos estudos para vacinas e curas já estão sendo realizados e talvez seja só questão de tempo até que uma cura definitiva seja encontrada, mas até lá, viveremos na incerteza do que acontecerá: e isso afetará não só o nosso bolso, mas a nossa vida e bem-estar, e talvez até o nosso futuro. De um ponto de vista positivo, esta epidemia poderia unir a humanidade e acelerar a troca de informações entre países e povos, levando a novas conquistas na medicina, na área financeira e em todos os outros aspectos da nossa vida. De um ponto de vista negativo, isso poderia levar a humanidade a uma crise sem fim, afundando ainda mais quaisquer tipos de expectativas boas para o futuro: seja financeiro, bem-estar ou apenas de vida. O que nos resta no momento é esperar e tentar conter esta crise antes que seja tarde demais. Por isso, não esqueça: lave bem as suas mãos, evite lugares cheios e na dúvida, fique em casa!


Estratégias de SEO para ... Publicidade das apostas: o ...