Registrar-se

As origens do Halloween

Apesar de popular atualmente, as origens do Halloween são antigas. Fonte: Por David Menidrey / unsplash.com O Dia das Bruxas (como o Halloween ficou conhecido la língua portuguesa) é um feriado comemorado todos os anos em 31 de outubro, e a celebração de 2019 ocorre nessa quinta-feira, 31 de outubro. A tradição se originou no antigo festival celta de Samhain, quando as pessoas acendiam fogueiras e usavam fantasias para afastar fantasmas. Assustador, não? Mas não se preocupe, depois da leitura você pode relaxar com alguns jogos de slots online. Voltando ao nosso resumo, no século VIII, o Papa Gregório III designou o dia 1º de novembro como um momento para honrar todos os santos. Logo, o Dia de Todos os Santos incorporou algumas das tradições do Samhain. A noite anterior era conhecida como All Hallows Eve, e mais tarde Halloween. Com o tempo, o Halloween evoluiu para um dia de atividades, como “doces ou travessuras”, esculpir lanternas de abóboras, reuniões festivas, vestir fantasias e comer guloseimas.

Onde tudo começou

Falamos brevemente sobre como a tradição começou, mas vamos olhar mais afundo. Conforme mencionado, as origens do Halloween remontam ao antigo festival celta de Samhain. Os celtas, que viveram há 2.000 anos, principalmente na região que hoje é a Irlanda, o Reino Unido e o norte da França, comemoraram seu novo ano em 1º de novembro. Esse dia marcava o fim do verão, a colheita e o começo do inverno escuro e frio, uma época do ano frequentemente associada à morte. Os celtas acreditavam que, na noite anterior ao ano novo, a fronteira entre os mundos dos vivos e dos mortos ficava turva. Na noite de 31 de outubro, eles celebraram o Samhain, quando se acreditava que os fantasmas dos mortos retornavam à terra. Além de causar problemas e danificar as colheitas, os celtas pensavam que a presença dos espíritos do outro mundo tornava mais fácil para os druidas, ou sacerdotes celtas, fazer previsões sobre o futuro. Para um povo inteiramente dependente do mundo natural volátil, essas profecias foram uma importante fonte de conforto durante o longo e escuro inverno. Para comemorar o evento, os druidas construíam enormes fogueiras sagradas, onde as pessoas se reuniam para queimar colheitas e animais como sacrifício às divindades celtas. Durante a celebração, os celtas usavam roupas, geralmente constituídas por cabeças e peles de animais, e tentavam prever a sorte um do outro. Quando a celebração terminava, eles voltavam a acender o fogo, que haviam extinguido no início da noite, da fogueira sagrada para ajudar a protegê-los durante o próximo inverno. O cinema foi amplamente inspirado pela tradição do Halloween. Fonte: Por Maxime Roedel / unsplash.com

Fantasmas e superstições

O Halloween sempre foi um feriado cheio de mistério, magia e superstição. Começou como um festival celta de fim de verão, durante o qual as pessoas se sentiam especialmente próximas de parentes e amigos falecidos. Para os espíritos amigáveis, eles colocavam lugares à mesa do jantar, deixavam guloseimas nas portas e acendiam velas para ajudar os entes queridos a encontrar o caminho de volta ao mundo espiritual. Os fantasmas do Halloween de hoje são frequentemente retratados como mais temíveis e malévolos, e nossos costumes e superstições também são mais assustadores. Evitamos cruzar caminhos com gatos pretos, com medo de que possam nos trazer azar. Essa ideia tem suas raízes na Idade Média, quando muitas pessoas acreditavam que as bruxas evitavam a detecção se transformando em gatos pretos. Tentamos não andar sob escadas pela mesma razão. Essa superstição pode ter vindo dos antigos egípcios, que acreditavam que os triângulos eram sagrados (também pode ter algo a ver com o fato de que caminhar sob uma escada inclinada tende a ser bastante inseguro). Especialmente no Halloween, tentamos evitar quebrar espelhos, pisar em rachaduras na estrada ou derramar sal.

O impacto no cinema

Além de um grande sucesso enquanto festividade, filmes assustadores de Halloween têm uma longa história de sucessos de bilheteria. Os filmes clássicos incluem a franquia “Halloween”, baseada no filme original de 1978, dirigido por John Carpenter e estrelado por Donald Pleasance, Jamie Lee Curtis e Tony Moran. Nele, um garoto chamado Michael Myers mata sua irmã de 17 anos e vai preso, apenas para escapar na noite de Halloween e procurar sua antiga casa e um novo alvo. Considerado um filme de terror clássico por sua trilha sonora assustadora, inspirou 11 outros filmes da franquia e outros filmes de terror, como “Pânico”, “A Hora do Pesadelo” e “Sexta-feira 13”, entre outros. Para aqueles que não planejam ir a festas, fica aí uma boa dica para passar a noite de quinta!


O que fazer nas ... Entenda o Día de ...