Registrar-se

As maiores mentiras que os caça-talentos contam

Pen and paper Fonte: Pixabay A procura por trabalho não é fácil. Na verdade, pode até provocar crises de ansiedade e ser um dos momentos mais estressantes da sua vida. Sem uma renda fixa, você provavelmente sente pressão de todos os lados e tem vontade de se jogar na primeira oportunidade de emprego que aparece. Ou talvez tenha a esperança de ganhar uma boa quantia no seu jogo de cassino favorito e tornar a necessidade de trabalhar para sobreviver uma coisa do passado! Independentemente da sua escolha, é necessário ter cuidado com as pessoas que o ajudam a conseguir um emprego, e saber um pouco mais sobre como agem os caça-talentos, recrutadores e afins deixa você em uma posição mais confortável.

Quem faz o quê?

Ao procurar um emprego, você passa bastante tempo lidando com recrutadores e caça-talentos. Talvez pense que não há diferença entre eles, mas ela existe. O recrutador trabalha para uma empresa e é pago independentemente de você aceitar ou não o emprego. O caça-talentos, por outro lado, é independente, e só recebe pagamento caso você preencha a vaga. Consequentemente, os caça-talentos às vezes podem ser dissimulados, e talvez sejam até capazes de trapaceá-lo para o próprio benefício. Não estamos dizendo que todos são assim, mas alguns com certeza se encaixam no perfil. Veja abaixo algumas coisas importantes que você precisa saber ao lidar com um caça-talentos caso esteja à procura de emprego.

Você é o melhor candidato

Ouvir que é o melhor candidato certamente é bom para o ego, mas normalmente não é esse o caso. Um dos maiores pesadelos dos caça-talentos é você recusar o emprego, já que isso significaria a perda de horas de trabalho, esforço desperdiçado e nenhum pagamento. Como já foi dito, eles só são pagos quando a vaga é preenchida. Logo, para impedir que os candidatos procurem outros trabalhos, os caça-talentos normalmente lhes dizem que eles são a melhor escolha. Fisgá-los e deixá-los esperando é a situação mais desejável possível. Claro que você pode muito bem ser o melhor candidato. Por outro lado, também pode ser um entre vários. A questão é: não pare de procurar emprego em outros lugares só porque alguém disse isso, e não fuja do interesse de outras empresas. Mantenha suas opções abertas. Nunca se sabe quando algo melhor vai aparecer, então, sentar e esperar nunca é a atitude mais inteligente.

 

Encontrar um bom cargo é prioridade

A prioridade de um caça-talentos é preencher a vaga e ser pago. Você e seu emprego nunca são o mais importante. Preencher vagas e receber o pagamento sempre vêm em primeiro lugar. Mas essa é a conclusão lógica. A questão é que, caso apareça um candidato melhor, você nunca terá prioridade sobre o cargo só porque se sente favorecido de alguma forma. Além disso, se um caça-talentos pedir uma comissão, dispense-o o mais rápido possível. Após cumprir o acordo, eles são pagos pela empresa que os contratou; você não deve precisar realizar nenhum pagamento adicional.

Reescrever seu currículo para ter mais chance

Em alguns casos, isso pode ser verdade. Talvez seu currículo precise de alguns retoques e ajustes e isso o ajude a conseguir o emprego. Mas tenha cuidado com mudanças drásticas e adição de detalhes que podem forçar você a ocupar um cargo para o qual não tem qualificação. Talvez isso pareça uma boa, até ótima, ideia caso você esteja procurando emprego há muito tempo, mas não há nada pior do que acabar em um trabalho desastroso simplesmente porque você não é capaz de executá-lo. Analise cuidadosamente as alterações em seu currículo e certifique-se de que concorda com elas.

Você vai amar esse trabalho

Claro, talvez você realmente ame o trabalho. Mas lembre-se: eles só são pagos se você aceitá-lo, e provavelmente querem que isso aconteça no menor tempo e fazendo o menor esforço possíveis. Então, embora você esteja ansioso para se jogar na primeira oportunidade de emprego, não se deixe enganar por uma propaganda excessiva. Seja seletivo em relação a isso. Afinal, esse trabalho ocupará uma grande parte da sua vida, muito possivelmente durante anos. Então, lembre-se de pensar bem antes de aceitar uma oferta que parece tão incrível no papel, mas que pode não ser tão boa assim na vida real!


Conheça os 10 pratos ... O fim do Ministério ...