Registrar-se

A verdadeira história do Titanic – O filme

A verdadeira história do Titanic – O filme De tempos em tempos, surge um daqueles filmes de grande sucesso que se espalha pelo mundo, e bate recorde de bilheteria. Titanic foi um desses filmes e, atualmente, ainda é tido na indústria do cinema como um clássico atemporal. Dirigido por James Cameron e estrelado pelo icônico Leonardo DiCaprio, o filme teve inúmeros aspectos a seu favor, e tanta perfeição envolvida, que foi uma tempestade de sucesso global. Efeitos especiais impressionantes mexeram com a nossa percepção, a canção de sucesso de Celine Dion encantou muitos ouvidos, e a história encantadora de amor entre os protagonistas do filme tornou a obra artística ainda mais inesquecível. Nem precisamos mencionar que Titanic manteve o título de filme que teve o recorde de maior sucesso de bilheteria do mundo por vários anos a fio. Vejamos algumas das curiosidades que estão por trás do filme e que não são tão conhecidas.

Um Titanic de ampla escala foi construído

Apesar de ter se difundido, esse fato ainda é um pouco mal interpretado. Durante a publicidade do filme, foi revelado que uma versão de ampla escala do navio Titanic seria construída. Isso deixou as pessoas ansiosas pensando que essa versão seria completa, o que incluiria todas as partes do navio. É verdade que uma enorme versão de ampla escala do navio foi construída e com base nos moldes do navio original. O enorme projeto de construção ocorreu na costa do México, e teve o navio abrigado em um tanque de água. O detalhe é que nem todas as partes do navio foram construídas. O exterior do navio foi criado para que pudesse ser visto de todos os ângulos, mas apenas algumas porções internas foram construídas. De qualquer forma, não deixa de ter sido um projeto enorme e magnífico criado para um filme. Aliás, como muitos sabem, o navio de replica teve que ser afundado durante a filmagem para garantir cenas mais realistas no momento em que ocorre o naufrágio. Os jogos de mesa tradicionais online Royal Vegas são tão tridimensionais quanto o Titanic, e você vai poder mergulhar em jogos de mesa como Craps e se sentir num cassino real – mas sem afundar!  

James Cameron era implacável

James Cameron era implacável Imagem: hollywoodreporter.com Fazer um enorme filme multimilionário não é uma missão qualquer. É, de fato, uma das coisas mais estressantes pelas quais uma pessoa pode passar. É por essa razão que foi amplamente relatado que James Cameron havia incorporado um carrasco mandão durante toda a produção do filme. Cameron disse ter exigido muito dos atores e da equipe para cumprirem com as atividades do filme, e pouco depois do seu lançamento, Kate Winslet declarou que nunca mais trabalharia com ele. A a dedicação de Cameron valeu a pena e mostrou que um pouco de trabalho árduo pode levar mais longe, assim como acontece quando você se diverte com jogos de mesa como Black Jack!

Kate e Leo quase congelaram

Kate e Leo quase congelaram Imagem: moviefone.com O final sem dúvida é uma das partes mais emblemáticas do filme. E isso não inclui somente o incrível espetáculo que é ver o navio afundar. Leo e Kate, ou Jack e Rose, se preferir, ficam presos em meio ao oceano e precisam enfrentar uma morte congelante. Rose é resgatada, mas Jack se afoga. A questão é: como gravar essa cena num mar aberto? A solução é simples. Grava-se em um enorme tanque de água, é claro. O único problema é que a água também é congelante na vida real. Alguns diretores preferem gravar cenas em água quente, mas não James Cameron. Leo e Kate gravaram em água fria para esse filme, algo que Kate agora tornou hábito fazer, e ambos relataram que a água ficou tão fria que tremiam involuntariamente. Ou seja, durante as cenas de naufrágio do filme, quando vemos os dois personagens tremendo de frio, não é nenhum tipo de atuação! Eu chamaria isso de uma baita dedicação, não concorda?


Fatores importantes que afetam ... Encontre os Jogos de ...